Trivia PW

Novo gameplay revela detalhes importantes de Death Stranding

0 58

Teve moto, stealth, cenários diferenciados, personalização, boss fight, gaita, banheiro… A longa, mas divertida, apresentação do gameplay de Death Stranding na Tokyo Game Show foi um prato cheio para os fãs da obra de Hideo Kojima e, finalmente, deu um gostinho do que está por vir no game, em termos de jogabilidade.

Poucos minutos depois do fim da demonstração, o PlayStation Blog já subiu um texto com alguns dos destaques do vídeo (mas nada da versão em inglês e em tela cheia do que foi apresentado por enquanto). Com pequenos GIFs e descrições curtas, a postagem destaca preparação, mapa, colaboração, customização, movimentos, cargas, armas e conexões.

  • Preparação é fundamental: você pode e deve organizar os equipamentos que desejar levar a cada jornada de maneira meticulosa, já que o peso deles afeta diretamente seus movimentos e pode te prejudicar;
  • Marque seu caminho: o jogador poderá traçar suas próprias rotas pelo mapa, sem ter, necessariamente, que seguir um caminho. Além disso, poderá criar pontes, usar escadas e escalar quando precisar;
  • Você não está sozinho: essa talvez tenha sido a grande novidade do gameplay: enfim, o Social Strand System tão falado por Kojima apareceu, com likes, plaquinhas e itens de um jogador aparecendo no mapa de outro. Ainda não há detalhes específicos de como a interação vai funcionar, mas parece promissora;
  • Relaxe: a jornada é longa, então é preciso cuidar de Sam. Sentar e descansar, usar um banheiro, interagir com o BB, recarregar as baterias. Tudo isso ajuda;
  • Corra: veículos diferentes, como uma moto e um carro roubado dos Homo Demens, têm destaque no vídeo. Além disso, vimos que Sam pode correr bastante e até dar uns saltos bem ousados. Isso será útil em muitos momentos;
  • Skate: essa é só uma curiosidade mesmo, mas vimos que aquele carrinho que carrega o que Sam precisa entregar também pode ser levar o próprio personagem, tipo um skate;
  • Combate: stealth para derrotar um Homo Demens, armas para atirar nos BTs (algo que ainda não tínhamos visto) e granadas para acertar um Leão BT doido. Sim, terá combate em Death Stranding, e ele parece bem interessante também;
  • Conexões: mas, no fim das contas, é tudo sobre as conexões. Ir às cidades e conectar o povo à Chiral Network. Seu objetivo é esse: reconectar a América. Já havíamos visto um exemplo na Gamescom, com o personagem de Geoff Keighley, e agora vimos mais detalhes de como isso vai funcionar.

Ou seja, deu para pegar bastante coisa do que vai ser a jogabilidade de Death Stranding com essa apresentação. Caso você ainda não tenha assistido, pode conferir abaixo, num vídeo em japonês que mostra como foi a presença de Kojima no evento.

Assim que tivermos o gameplay oficial, postaremos aqui.

Reações no Death Stranding Brasil

Como de costume, quando falamos sobre Death Stranding aqui, vamos ao grupo do jogo no Facebook, que é palco de ótimos debates acerca do título. E, dessa vez, a opinião, de maneira bem diferente do que aconteceu em outras ocasiões, foi praticamente unânime: era exatamente isso o que (quase) todos estavam esperando.

Para não dizer que os comentários foram só elogios, houve uma preocupação: a batalha entre Sam e o “Leão BT”. A movimentação do personagem pelo cenário, realmente, não agradou (o que pode ter a ver com a quantidade de carga que ele carregava), e o modo como a luta foi encerrada facilmente também não (provavelmente, estava no “easy”).

Fora isso, as reações de quem acompanha o jogo há algum tempo e não vê a hora de a aventura estar entre nós foram bem positivas. Os maiores elogios foram aos elementos “Multiplayer” e de sobrevivência. Selecionamos alguns dos comentários, que você pode conferir abaixo.

Rafael Andrade – O mais importante é que o jogo parece muito divertido. Dá pra se perder por horas naquele mundo, explorando e descobrindo novas coisas. A minha vontade é nem de correr naquele jogo, apenas ir caminhando ouvindo as músicas disponíveis. Death Stranding, só por esse gameplay, já mostrou que deve ter mais coisas do que MGSV, que é um jogo cheio de detalhes na gameplay.

Gabriel Otto – Gostei de tudo o que vi. Tudo mesmo.

Lucas Ferreira – Agora com esse gameplay fiquei bem mais seguro quanto ao jogo. O que mais me chamou atenção sem dúvida nenhuma foi a interação com o mundo dos outros players. Achei que seria coisas bem básicas do tipo de deixar mensagens só. Mas pelo jeito o sistema social tá muito mais complexo que isso. Tenho certeza que a gente não viu metade das possibilidades possíveis de interação com os outros jogadores

Alex França – Teve ação, teve exploração, stealth, boss, BTs, BB, pés fudidos, música foda, moto de aplicativo da yellow, banho em água barrenta, Norman Reedus nu. Jogarei muito!!!

Bruno FLA Madeira – Uma coisa é certa: o gameplay vai ser tão complexo quando a história. São muitos elementos e mecânicas.

Joilson Dom – Cara… Só lembrar de tudo que foi mostrado até agora… O Mads com os esqueletos, as entidades gigantes, o hades, as crateras no mapa… A sensação é que o que foi mostrado não bateu nem na superfície do jogo. Nada do que foi mostrado abraça uma história tão complexa. Só jogando mesmo pra ter noção da profundidade. 

Victor Fonseca – Eu preciso de uma gameplay em inglês agora pra entender todas essas mecânicas,mostrou bastante coisa dessa vez,quero entender cada detalhe

Death Stranding chega em 8 de novembro de 2019, e esse foi apenas o começo de sua aparição na Tokyo Game Show. No próximo dia 14, ainda haverá a revelação de “algum lugar” no jogo, com gameplay, e no dia 15 um bate-papo com os dubladores do game – obviamente, na versão japonesa.

Fonte: Meu PS4, acesso em 2020-01-24 08:24:11

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Carrinho Item removido Desfazer
  • Carrinho vazio.